Associação de Regantes e Beneficiários do Alvor
Temperatura C.
km/h wind

Perímetro

O aproveitamento dos campos do Alvor, na região entre Lagos e Portimão, compreende obras de defesa, enxugo, dessalgamento e rega de terras doces, salgadas e de sapal, que se estendem ao logo dos cursos inferiores das ribeiras de Odeáxere, de arão, do Farelo e da Torre, beneficiando uma área de 1 946 hectares (1 100 hectares de terras doces e 700 hectares de terras salgadas, dos quais 72 são salinas e 156 de sapais).

            bacia.JPG

Rede de Rega

A água para a rega é tomada da albufeira de Odiáxere, de capacidade útil igual a 33,3x106 m3, criada na ribeira do mesmo nome, no sítio da Bravura, por Barragem do tipo abóbada, em betão, com 41 metros de altura.

 

              Pontefigueira000.jpg

                                                                        Ponte canal da Figueira

 

A água é captada na Tomada de Água e encaminhada para a Câmara de Dissipação onde é feita a transição entre o escoamento em pressão para o escoamento em superfície livre por intermédio de uma válvula de flutuador. A descarga do caudal é efetuada para um reservatório para reduzir a turbulência.

 

                DSC00949.jpg

                                                                           Câmara de dissipação

 

                 01042013133.jpg

                                                                            Câmara de dissipação

 

O troço inicial do Condutor geral tem uma extensão de 2 023 m, na maior parte construída em túnel, que conduz as águas até uma central elétrica, que utiliza um desnível de 29,6 m com queda útil de 28,5 m, e destina-se a turbinar a totalidade da água de rega, cujo caudal máximo é de 2 622 l/s. O condutor geral, a jusante da central, tem um desenvolvimento de 18 347 m.

    

              JUBHO2013056.jpg

                                                                              Canal condutor geral

 

A rede secundária de rega (Distribuidores) tem um desenvolvimento de 28 436 m e a rede terciária (Regadeiras) tem um desenvolvimento de 68 172 m.

 

                  Abril.2013.076.jpg

                                                                          Ponte canal do Vale Grande

 

 

                pontetorre.jpg

                                                                                  Ponte canal da Torre

 

Rede de drenagem e enxugo

As valas de enxugo totalizam um desenvolvimento de 35 441 m, a que há que acrescentar mais 26 quilómetros da rede terciária.

 A descarga das valas de enxugo é feita por 12 portas de maré.

Na estação elevatória dos Montes do Alvor é efetuada a bombagem das águas de enxugo das terras protegidas das cheias pelo dique da Torre. O caudal máximo a elevar por essa estação é de 2 100 l/s.

 

                 vala.jpg

                                                                                     Vala de enxugo

 

Rede de defesa

Nos 22 quilómetros de valados integrados no sistema de defesa, engloba-se uma parcela importante dos já existentes, construídos pelos respetivos proprietários, e que se teve em atenção aproveitar quanto possível na sua construção, e que se tem efetuada a sua manutenção e melhoramento ao longo dos anos.

                   Maio.2013.291.jpg

                                                                                       Muro de Defesa

 

                  valado180.jpg

                                                                                   Valado de defesa

 

Na ribeira da Torre a defesa contra a maré é independente das obras de proteção contra as cheias. Um dique de terra, com desenvolvimento de 250 m, fecha aquela ribeira junto à confluência com a ribeira do Farelo, impedindo o acesso da maré para montante. Valados marginais limitam a inundação pelas águas doces, em caso de cheia.

 

                Maio2013317.jpg

                                                                                  Dique da Torre

 

                DSC00772.jpg

                                                                                      Dique da Torre